Presente na paisagem da zona portuária desde 1925, o prédio em estilo Art Déco foi construído nas terras do Barão da Gamboa para a instalação de um armazem.

Além do seu valor individual, o edifício também possui grande relevância cultural pelo contexto em que está inserido. Sua proximidade com o Moinho Fluminense, uma das mais importantes construções da região, aumenta sua responsabilidade na preservação da ambiência e da memória da zona portuária.